Home / Educação / Veja como ingressar em instituições particulares, Se você foi mal no Sisu

Veja como ingressar em instituições particulares, Se você foi mal no Sisu

Candidatos que se deram bem contam como foi rotina de estudos

A ansiedade de milhares de candidatos a uma vaga em universidade pública teve fim nesta segunda-feira (29) com a divulgação do resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Para quem foi aprovado, é tempo de comemoração, separação de documentos, matrículas e até mesmo viagem e planejamento de mudança de cidade para quem passou para instituições de ensino de outros estados.

Quem passou e quem está na expectativa de ainda ser chamado pelo Sisu deve ficar ligado: as matrículas ocorrerão entre 30 de janeiro e 7 de fevereiro, de acordo com os calendários das instituições de ensino.

Quem ainda não passou para a faculdade desejada poderá entrar para a lista de espera, que já está disponível no site do Sisu. O prazo para participar da lista é até 7 de fevereiro; a convocação dos candidatos em lista de espera será realizada a partir do dia 9 de fevereiro pelas instituições. Aqueles que passaram para a segunda opção também poderão ser chamados para a primeira.

É o caso do advogado Vinícius Almeida, 26 anos, que passou para Medicina na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). Após dois anos advogando, ele decidiu largar o Direito e se jogar na área de saúde. A decisão veio em janeiro de 2017, quando ele pegou livros emprestados e começou a estudar em cursinhos online.

“Isso deu flexibilidade para que eu estudasse o que não lembrava tanto. História, Filosofia e Sociologia eu já tinha uma facilidade maior por conta da faculdade, mas o resto tive que me empenhar”, conta.

E o esforço de Vinícius foi grande: ele conta que estudava de 8h a 10h por dia, de segunda a sábado. Mas quem pensa que ele tirava o domingo de descanso está enganado. Nesse dia, metia a cara nos livros “apenas” pela manhã, “só quatro horas”, e depois descansava.

Ele conta que tem quatro pessoas na frente dele na disputa por Medicina na Universidade Federal da Bahia (Ufba). “Eu moro em Feira de Santana, mas prefiro fazer a faculdade em Salvador do que em Petrolina (PE)”, conta. Agora Vinícius aguarda a lista de espera da Ufba, mas já comemora a grande conquista de passar para um dos cursos mais disputados no Brasil.

Quem passou direto para sua faculdade dos sonhos foi a estudante Letícia Lé, 19, que vai cursar Direito na Universidade de São Paulo (USP). Ela conta que há pelo menos dois anos estuda para o vestibular. Letícia era estudante do Colégio Militar de Salvador (CMS). Para passar direto, teve que dividir a rotina de estudos do colégio com a do cursinho desde o segundo ano.

“Eu fiz cursinho no segundo ano do ensino médio e no terceiro também. O estudo mais intenso mesmo começou depois que eu terminei os estudos, no meio do ano”, disse. A rotina de preparação de Letícia envolvia realizar todas as edições antigas do Enem e fazer, no mínimo, um texto dissertativo por semana. Com isso, ela tirou 940 na redação.

“Sempre sonhei em ir pra USP, é uma das melhores do país. Este ano, para me motivar, fiz um Instagram de estudos (@uspmeespera) em que eu postava fotos de alguns resumos e interagia com pessoas que tinham o mesmo objetivo que eu, que era passar no vestibular. Agora começa a próxima etapa: ir pra São Paulo me matricular e começar minha vida lá”, comemorou.

Ao contrário de Vinícius, que advogou por dois anos, Isabela Costa, 22, nem esperou terminar a faculdade de Direito para largar o curso: estudou dois anos na Ufba e logo passou a estudar para o vestibular de Medicina. 2017 foi o segundo ano de cursinho.

“Por ser o meu segundo ano de cursinho, eu já tinha outra maturidade. Montei uma estratégia com prioridade às matérias que eu tinha mais dificuldade, que eram Matemática, Física e Química e acabei fazendo matéria isolada para elas”, conta.

Foram 6h de estudo diárias que a levaram a conquistar a vaga no curso de Medicina em Vitória de Conquista, no Sudoeste do estado. Assim como Vinícius, ela também está na lista de espera para Medicina na Ufba.

Além de toda correria para a matrícula, Isabela disse que agora pretende curtir. “Eu vou curtir as férias até abril para compensar o cansaço, enquanto espero a lista de espera para a Ufba. Depois eu vou me dedicar ao máximo para a faculdade. Foi tão difícil de conquistar que tenho que aproveitar ao máximo tudo que ela tem para me oferecer”, disse.

Para aqueles que não passaram nas faculdades privadas e estão procurando outras alternativas, o CORREIO fez uma lista com uma lista dos vestibulares das maiores instituições privadas da Bahia, e de algumas públicas. Confira:

Unijorge
O próximo vestibular da Unijorge está marcado para o dia 25 de fevereiro e as inscrições estão abertas. O vestibular agendado também está disponibilizado através do site da instituição. Para se inscrever, o candidato deve levar 1kg de alimento não perecível. As provas serão aplicadas em três horários distintos: 8h às 11h, 11h às 14h e 14h às 17h. As inscrições podem ser feitas até o dia 23/2. Para mais informações, acesse: http://vestibular.unijorge.edu.br/

Unime
Candidatos que desejem se matricular na União Metropolitana de Educação e Cultura (Unime) podem realizar a prova agendando ou indo diretamente nas unidades em Salvador, Lauro de Freitas ou Itabuna. Os aprovados poderão se matricular para iniciar os estudos ainda neste semestre.

Ucsal
A Universidade Católica do Salvador (Ucsal) está com inscrições abertas para o processo seletivo de vestibular e para o ingresso com a nota do Enem. O vestibular ocorrerá no dia 18 de fevereiro. As inscrições podem ser realizadas através do site vestibular.ucsal.br. A universidade oferece desconto progressivo de acordo com a nota que o candidato tirou no Enem: quem tirou de 400 a 500, tem 20% de desconto; de 501 a 600, tem 25%; de 601 a 700, 30%; de 701 a 800, 35%, e quem tirou acima de 800 tem 40% de desconto. Quem deseja ingressar usando a nota do Enem, não precisa fazer a prova.

Unifacs
A Universidade Salvador (Unifacs) está com inscrições abertas para o vestibular tradicional, que será realizado no dia 25 de fevereiro, das 9h às 12h em Salvador e Feira de Santana. O valor de inscrição é R$ 40 e as inscrições vão até 12h do dia anterior. Ainda é possível se inscrever na Unifacs tanto pelo Sisu, quanto pela nota do Enem, que compartilham das mesmas condições. Nessa modalidade, o candidato é isento de pagamento de inscrição, que vão até 17h do dia 22 de fevereiro. Optando pelo Enem, o candidato pode receber bolsa de estudo de até 100% para cursos presenciais ou semipresenciais de Graduação Bacharelado, Graduação Tecnológica e Licenciatura em diversas áreas do conhecimento, com exceção de Direito e Medicina. Os descontos podem variar de 10% a 100%.

Uniceusa
O antigo Instituto Baiano de Ensino Superior (Ibes) foi elevado à categoria de Centro Universitário e passou a se chamar Centro Universitário de Salvador (Uniceusa). Para ingresso no Uniceusa, são duas modalidades: provas tradicionais aos sábados, 14h e agendadas, que ocorrem todos os dias, excetos aos domingos. As inscrições podem ser realizadas até 24 horas antes da realização do exame através do site www.ibes.edu.br. Os resultados ficam disponíveis no site 48 horas após a realização da prova. A matrícula deve ser realizada em até cinco dias após a divulgação do resultado.

Ruy Barbosa
Candidatos que quiserem se matricular na Faculdade Ruy Barbosa ainda contam com o Prouni, o vestibular agendado, a nota do Enem, transferência externa e portador de diploma como formatos de ingresso. O vestibular agendado está disponível até o dia 30 de março. As inscrições podem ser realizadas no site https://www.devrybrasil.edu.br/frb/. Aqueles que irão usar o diploma e o ENEM também têm até o dia 30 de março para se inscreverem. No Prouni, a universidade irá oferecer 1260 vagas para a Ruy Barbosa, sendo 701 para a Faculdade DeVry | Ruy Barbosa da Paralela, 509 para o campus do Rio Vermelho e 50 para a instituição da Pituba.

Prouni
Quem possui os requisitos para participar do Programa Universidade para Todos (Prouni), que oferta bolsas através da nota do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), poderá realizar a inscrição do dia 6 de fevereiro até 9 de fevereiro. As bolsas oferecidas pelo programa podem ser integrais, caso a renda familiar mensal não exceda o valor de 1,5 salário mínimo ou parcial, em que a renda familiar não exceda o valor de três salários mínimos. Os resultados com a lista dos candidatos pré-selecionados estarão disponíveis na página do Prouni nos dias 14 de fevereiro e 2 de março. As matrículas serão, respectivamente, entre 15 a 23 de fevereiro e entre 2 a 9 de março. A lista de espera estará disponível para manifestação dos dias 16 a 19 de março.

Ufba
Para quem não conseguiu a vaga na Ufba, a universidade irá abrir vagas no próximo ano na modalidade do Sisu. A chance para quem se inscreveu no Sisu deste ano são as novas chamadas, para aqueles que se inscreverem na lista de espera, até o preenchimento das vagas oferecidas.

Uneb
A Uneb já ofertou vagas do primeiro e segundo semestres de 2018, no entanto, também prevista para participar do Sisu 2018.2, entretanto as vagas e as opções de curso que serão ofertadas são fechadas em período próximo ao processo seletivo, que ainda não tem data para ocorrer.

UFRB
A UFRB irá abrir inscrições para o próximo semestre. As datas de inscrições serão definidos pelo Sisu, que ainda não determinou a data. De acordo com a Pró-Reitoria de Graduação, serão ofertadas 1.400 vagas em 32 cursos, número maior do que oferecido na edição 2018.1 do Sisu, em que 900 vagas para 18 cursos foram oferecidas.

About admin

Check Also

Enem: Travestis e transexuais podem solicitar uso do nome social

Solicitação deve ser feita pela internet até 3 de junho Começa hoje (28) o prazo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *